Forasteiras de dentro: A ocupação da política institucional por mulheres negras

Autores

  • Steffane Santos UFMG

Resumo

O presente artigo busca aplicar o conceito de forasteira de dentro da socióloga estadunidense Patricia Hill Collins ao âmbito da política institucional. Versa sobre a posicionalidade de mulheres negras, a partir do paradigma da interseccionalidade e discute os objetivos de quatro mulheres negras candidatas em 2020 às eleições municipais no Brasil, tal como aponta como têm trabalhado mulheres negras eleitas em 2018 de viés progressista. 

Publicado

2021-06-06

Edição

Seção

Artigos